sábado, 3 de junho de 2017

Vamos erguer a Taça


Aproxima-se aquele que, para mim, é o momento maior da história do Porto d'Ave,
uma história que começou muito antes da sua filiação, há quase 40 anos;
É a vós, jogadores do Porto d'Ave, que me dirijo,
a vós que mereceis vestir essa camisola
que tanto respeito demonstrais por ela,
Por favor; ide agarrar aquela Taça;
todos jogos são para vencer,
mas não são todos iguais;
os dois que temos pela frente são daqueles que serão lembrados para toda a vida.
Vençam-nos,
vençam pelas vossas famílias que, quase todos os dias, se privam da vossa companhia por 'culpa' do futebol;
Vençam por cada um dos membros dessa equipa que, ao fim dum dia de trabalho, se juntam no nosso parque desportivo para treinar, para dar tudo em cada exercício para preparar os próximos desafios;
Vençam pelos dirigentes que não poupam esforços para que as condições durante treinos e jogos sejam as melhores;
Vençam por todos aqueles que, antes de vós, vestiram essa camisola e a ajudaram a ser grande e digna como é hoje;
Vençam por dirigentes e amigos do Porto d'Ave que deixaram lágrimas e suor nesse recinto, sobretudo por aqueles que deram horas e horas de trabalho duro, que deram muito mais do que tinham para dar, e agora vivem no outro lado da vida;
São, sobretudo esses, que não podemos esquecer;
Temos que lhes dar esta vitória,
Vençam por eles;
Vençam por essa camisola linda e honrada;
Vençam por esse símbolo tão nobre que trazem ao peito;
Vençam por vós
Vençam...
nós estaremos lá,
nós podemos gritar,
nós podemos apoiar,
Mas tereis que ser vós a meter o pé numa bola dividida, com coragem, com determinação,

Tereis que ser vós a entrar em campo equipados de vontade de vencer,
Tereis que ser vós a dar mais do que as pernas por vezes permitem se for necessário ultrapassar um adversário que se vai a isolar, ou chegar a uma bola que para um comum mortal possa parecer perdida;

Porque, se necessário for, vós ides ser mais do que comuns mortais,
Mais do que nunca, ides ser jogadores do PORTO D'AVE,

Ides ser uma equipa que carrega um sonho duma terra, 
um sonho dum povo que tem um orgulho enorme em se chamar PORTO D'AVE;
um povo jamais vos esquecerá,
e tantos que ainda vão nascer vão ouvir falar daquele dia em que erguemos a primeira Taça,
irão ouvir falar de vós, 

e também esses irão repetir os vossos nomes a filhos e netos.

Não existe glória sem estratégia,
Não existe glória sem talento,
mas isso não chega;
é necessário uma enorme vontade de vencer,
é necessário suor, esforço, sacrifício, dor
pode ser necessário deixar até sangue no campo
e sabemos que vós ides dar o que for necessário,
e ides agarrar aquela taça.
Esperamos de vós, porque acreditamos em vós,
porque sabemos do que sois capazes,
e isso faz-nos sonhar porque temos a certeza que vós ides tornar esse sonho realidade,
Um sonho com quase quatro décadas,
Um sonho tão grande, tão lindo, de tanta gente!

Falta pouco; 

falta pouco para que essa taça seja levantada por vós,
e ficareis vivos para sempre na história do Porto d'Ave,
tal como Camões escreveu:
“E aqueles que por obras valerosas
Se vão da lei da morte libertando:
Cantando espalharei por toda a parte,
Se a tanto me ajudar o engenho e arte.”
(Luís de Camões)


Será assim convosco,
Sereis lembrados para sempre por todos que sentem orgulho em dizer esse nome tão grande:
PORTO D'AVE
Façam o que é para fazer
vão lá para dentro e vençam
vençam por nós, vençam por vós,
vençam por....
não importa por quem, mas vençam.... vençam
não parem enquanto essa taça não estiver bem segura nas vossas mãos,
Agarrem-na
VENÇAM... 
VENÇAM


1 comentário:

Pedro Rodrigues disse...

Fantasticas palavras que serão um fortissimo incentivo, concerteza.