domingo, 30 de maio de 2010

Futsal Feminino


A nossa equipa de Futsal Feminino realizou o quinto e último jogo da fase de grupos num Torneio em Vila das Aves e venceu a equipa de Avilhó por duas bolas a zero, e desta forma passa à fase a eliminar com cinco vitórias, o mesmo número de jogos disputados.

Ambos os golos surgiram antes do intervalo, com o primeiro a ser apontado pela Paula e o segundo pela Bi. Este jogo fica marcado pela eficácia nas poucas oportunidades conseguidas na primeira parte e por uma grande exibição da Rita que defendeu tudo que havia para defender.

O próximo jogo é Quinta Feira, dia três de Junho pelas vinte horas novamente contra uma equipa da Associação de Futebol do Porto, e neste jogo está em disputa um lugar nas meias finais desta competição.

Apesar da qualidade deste torneio estar nivelado por uma linha muito elevada, as nossas jogadoras estão a demonstrar que está ao seu alcance a conquista deste ambicionado Troféu, mas o apoio dos adeptos começa a ser muito importante nesta fase. Vamos rumar a Vila das Aves na próxima Quinta Feira ao final da tarde e todos juntos subiremos mais um importante degrau nesta competição.



Dia Mundial da Criança em Porto d'Ave


É com muito orgulho que o Grupo Desportivo de Porto d'Ave receberá em sua casa na próxima Terça Feira, dia 1 de Junho, um enorme colorido constituído por centenas de crianças do nosso concelho e não só para participar nas comemorações do Dia Mundial da Criança.

Em parceria com o nosso clube na realização deste evento está a Secção de Programas Especiais do Destacamento Territorial da Guarda Nacional Republicana no âmbito do Programa Escola Segura e também a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso.

As crianças assistirão a uma mega demonstração de meios, onde serão exibidas várias simulações de actividades policiais desenvolvidas pela GNR, de forma a proporcionar às crianças dos Jardins de Infância e do 1º ciclo do Concelho uma visão e vivência diferentes na relação com a Guarda.

Esta será uma oportunidade única para estas crianças, dado que, para além de ficarem a conhecer todos os meios da GNR, poderão observar como se resgata uma vítima, como se desactivam explosivos; poderão observar os cães a detectarem droga, como actua a equipa do GIPS em caso de incêndio. Terão contacto com a unidade de intervenção, com o posto de comando de transmissões, o núcleo de Protecção Ambiental, de entre outros. E claro que as motos e os cavalos, que normalmente são do agrado das crianças, também não faltarão.

Para terminar, as crianças terão ainda oportunidade de experimentar andar num pónei, se assim o desejarem.

O transporte e o lanche para todas as crianças será oferecido pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso.


Programa:


9h30 – Recepção dos convidados

10h00 – Apresentação /Desfile dos meios da GNR presentes

10h10 – Exibição do Binómio, onde demonstrará várias habilidades

10h40 – Exibição de técnicas de resgate de vítimas e de abordagem a incêndios pela equipa do GIPS

11h00 – Exibição do Carrossel Moto da GNR

11h30 – Mostra de meios, onde os presentes poderão contactar com os profissionais da GNR, observar os materiais utilizados

sábado, 29 de maio de 2010

Mindinha das Escolas Homenageada na Televisão

video


Crianças e Professoras da nossa Escola Primária visitaram as instalações da RTP1 para participar no programa televisivo "Praça da Alegria".
Este momento foi aproveitado para fazer uma homenagem à Mindinha que em determinada altura do programa foi surpreendida com um ramo de flores em reconhecimento pela forma como tem abraçado a escola ao longo de mais de três décadas.
Foi sem dúvida um momento muito oportuno para este acontecimento, pois a este programa televisivo assistem centenas de milhar de portugueses espalhados pelo mundo.
O reconhecimento pela dedicação e carinho que esta auxiliar deposita nas suas tarefas estende-se a toda a população da nossa comunidade, mas o gesto, foram as Professoras e os Alunos que o tiveram.
As nossas crianças tem muita sorte.

Assembleia Geral


A Assembleia Geral de Sócios que estava marcada para a noite de 28 de Maio ocorreu com uma participação muito numerosa de sócios.
Ainda não é possível adiantar os nomes que estarão na frente da próxima equipa directiva, mas a afluência de sócios que se deslocaram às instalações do clube e a forma calorosa numa clara demonstração de união e determinação em levar por diante um projecto nascido há mais de três décadas é a garantia de que o Porto d'Ave continua com muita vitalidade e adivinha-se "Fumo Branco" a qualquer momento.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Futsal Feminino


Com a época oficialmente terminada, a nossa equipa de Futsal Feminino mantém-se em actividade e está a participar num conceituado Torneio em Vila da Aves.

A camisola do Porto d'Ave continua a ser dignificada por esta equipa que em quatro jogos já disputados leva o mesmo número de vitórias.

No próximo Domingo pelas 17,00 horas será realizado o último jogo da fase de grupos e pela frente estará a poderosa equipa do G. D. R. C. Alto Avilhó que tem menos três pontos que o Porto d'Ave.

Vamos comparecer em Vila das Aves para apoiar a nossa equipa. Todos juntos será mais fácil a tarefa das nossas jogadoras em segurar o primeiro lugar nesta fase.

terça-feira, 25 de maio de 2010

ASSEMBLEIA GERAL


Convocam-se todos os Sócios do Grupo Desportivo de Porto d'Ave a comparecer nas instalações do nosso Clube na próxima Sexta Feira, dia 28 de Maio de 2010 pelas 20,30 horas, onde ocorrerá uma Assembleia Geral.

O Ponto único da ordem de trabalhos são as eleições para o próximo biénio.

Aguarda-se a presença do todos Sócios que tenham possibilidade de o fazer.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Ricardo Pedro Reis Pereira

Dum filho da nossa terra actualmente a viver na Ilha da Madeira, Pedro Pereira, um PORTODAVENSE que dispensa apresentações recebemos a seguinte mensagem bem ao seu estilo, que muito aprecio, e por isso aqui vai na integra como post:



"Podem tirar um homem do Porto d' Ave, mas não podem tirar o Porto d'Ave de um homem".


Caro Autor,

Sendo um visitante assíduo e uma vez que neste blogue narravas e comentavas tudo o que havia a narrar e comentar sobre o Porto d' Ave, não senti a necessidade de enviar comentários com muita regularidade.
A verdade é que este blogue foi, para mim, um instrumento essencial para acompanhar a vida do GDPA a milhares de Km de distância. Fizeste-o com preserverança e sem receios de dizer o que pensavas, mesmo quando "politicamente incorrecto". Fizeste! E quem faz, se mais não fosse, tem o mérito de fazer...desde que o faça com desprendimento. Este espaço que não é oficial, constitui-se como mais uma das Tílias que embelezam a nossa aldeia e engrandece o GDPA. Por isso te parabenizo e sabes que sei o valor que este trabalho que desenvolves tem.
Acaba um ciclo no GDPA, um ciclo que marcou indelevelmente a vida do Porto d' Ave. Este blogue soube estar ao nível dessa marca. Uma marca que poucos, muito poucos, sabem quanto custa atingir. Mas que muitos, mesmo muitos, foram ajudando a construir ao longo da história. O Porto d' Ave viveu os momentos mais altos da sua vida desportiva nos últimos anos. São factos. Mas também conseguiu igualar o êxito desportivo com o êxito do reconhecimento pelo glorioso passado. Essa foi talvez a maior vitória alcançada... Este ano foi um ano de sucesso dos quais devo destacar como é claro a SUBIDA DE DIVISÃO DOS INICIADOS que felicito na pessoa do Mister Marinho e o início de actividade da EQUIPA DE FUTSAL FEMININO. Mas quero deixar uma palavra a TODOS quantos com desprendimento dedicaram horas e horas, dias a fio, das suas vidas à Instituição: Escolinhas, Infantis, Iniciados, Juvenis, Juniores, Futsal Feminino e Séniores.
Aos SÉNIORES deixo uma palavra de reconhecimento pois ainda tive oportunidade de partilhar alguns momentos com eles e não tenho dúvidas que foi um ano em que o balneário sempre respirou e respeitou a "mística portodavense" voltando a conseguir uma das melhores posições de sempre do GDPA.
Ao nível da Direcção, pelas razões óbvias, não pretendo individualizar os méritos. Nem é tempo de falar no que de menos bom e empobrecedor se passou neste trajecto. Seria dar rebuçados aos que não gostam do clube.
Mas a forma como a direcção acabou a época homenageando todos os atletas e treinadores, a forma como celebrou o 30º Aniversário do GDPA, a forma como todos os anos apresentaram as equipas aos associados em clima de festa e Romaria diz muito sobre o que deve ser o respeito pelo passado e o presente da Instituição e o trabalho pelo engrandecimento desta.
Um clube que saiba - sempre -respeitar a sua história só poderá ter um futuro risonho.
Termino parafraseando uma frase que ontem ouvi do mítico Artur Agostinho:
"Não importa a idade, desde que tenhamos memória"

Um abraço

Homenagem ao Presidente

Já depois da entrega das lembranças a todos atletas e quando tudo parecia já terminado, também Miguel Pereira, Presidente do Grupo Desportivo de Porto d'Ave foi surpreendido com uma justa Homenagem pela forma incansável com que trabalhou e defendeu os interesses do clube durante o seu primeiro mandato à frente dos seus destinos.

Homenagem aos Atletas



No final da partida relativa à última jornada, todos atletas e treinadores do Grupo Desportivo de Porto d'Ave foram alvo de uma Homenagem na presença do vasto número de adeptos presentes. Dentro do recinto do jogo foi entregue uma lembrança em gesto de agradecimento pela forma como todos contribuíram para tornar a camisola do Porto d'Ave mais honrada.
São momentos como este que distinguem o Porto d'Ave.

O maior aplauso da tarde foi dirigido à Equipa dos Iniciados que realizaram uma brilhante época e carimbaram o passaporte para a primeira divisão. Foram os últimos a entrar no recinto mas parece-me oportuno que surjam em primeiro lugar neste post.

Iniciados
Escolas
Infantis
Juvenis

Juniores
Futsal Feminino

Seniores

Agradecimento


O jogo de encerramento da época não proporcionaria o mesmo espectáculo sem a colaboração dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso. Ainda sem o sintético o nosso campo de futebol ganha muito pó em dias de calor, problema que foi resolvido por esta corporação que antes da hora do jogo se deslocaram ao recinto do para o regar.
Para os Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso o nosso Muito Obrigado.

domingo, 23 de maio de 2010

Porto d'Ave Termina a Época em 7º Lugar


Os nossos jogadores despediram-se da época 2009/2010 com uma vitória. Na recepção à equipa do Prado o Porto d’Ave conseguiu somar mais três pontos a avançar dois lugares na tabela terminando o campeonato em sétimo lugar.

Para este jogo a bancada vestiu-se de adeptos que não quiseram deixar de marcar presença na despedida de uma brilhante época que só por factores extra-futebol é que não fica ainda mais gravada na história do Porto d'Ave.

O jogo não começou muito emotivo, e os remates que iam surgindo nos minutos iniciais não representavam grande perigo para os guardiões. Aos doze minutos Pedrinho de longe numa bola dividida consegue o remate mas a bola passa ao lado do poste. Ao minuto vinte o Porto d’Ave tem a segunda tentativa para inaugurar o marcador numa jogada em que o árbitro deu lei da vantagem numa falta sobre Neves, mas a bola acaba sem perigo nas mãos do guardião. Ao minuto vinte e cinco, Freitas de longe tenta a sorte mas vê a bola sair por cima da barra. Só à passagem da meia hora é que assistimos a um remate de verdadeiro perigo, com Paulinho em boa posição dentro da área a enviar a bola por cima da baliza. Passados três minutos a defesa do Prado volta a tremer coma bola a rondar a baliza após um livre de Meira junto à linha de cabeceira.

Mas o intervalo não chegou com o marcador em branco e a vantagem surge com toda a justiça ao minuto quarenta através de Manaus. O nosso numero nove não perdoou na primeira oportunidade que lhe surgiu e abre o placar colocando em delírio uma plateia raramente vista num jogo de futebol da regional.

Na segunda parte a equipa forasteira entra em campo determinada a discutir o resultado e consegue o empate aos quinze minutos com um golo obtido através dum canto. Antes da bola ser colocada no centro já estava preparada para entrar em campo a dupla que iria recuperar a vantagem. Vitinha e Xavier entram para os lugares de Daniel e Victor e passados sete minutos um passe tirado a régua e esquadro do médio a assistir o avançado que na cara do golo raramente perde um duelo e volta a colocar o Porto d'Ave em vantagem e a respectiva justiça no resultado. Não foi preciso esperar muito para assistir a duas oportunidades para aumentar a vantagem, ambas com Manaus a aparecer pelo lado direito e cruzar para a boca da baliza sem ninguém a aproveitar. Ao minuto trinta e cinco a equipa do Prado dispôs dum livre frontal à baliza de Clemente que segura a bola sem grandes dificuldades. Passados cinco minutos mais uma vez o nosso guardião foi posto à prova e nega o golo do empate com uma grande defesa como quem segurava o sétimo lugar. No contra-ataque desta jogada, Vitinha aparece isolado e é derrubado pelo guardião do Prado em zona de grande penalidade que ficou por assinalar. Ao minuto quarenta e dois Manaus envia a bola ao ângulo da baliza mas foi o guardião quem brilhou ao impedir a bancada de festejar um golo que parecia certo. Com a placa dos descontos levantada assistimos a mais uma grande oportunidade para matar o jogo, com Vitinha a assistir Manaus que na cara do guardião voltou a permitir a defesa. O apito final chegava pouco depois sem mais alterações no placar.

A delegar a equipa do Porto d'Ave nesta partida esteve a directora Bela, que se pode dizer que é também uma bela directora. Este importante elemento da estrutura do nosso clube tem desempenhado as suas funções de forma briosa ao longo de várias temporadas e merece fazer parte da comitiva de encerramento da época. Já na época passada esta dedicada directora desempenhou as mesmas funções na última jornada e também aí a vitória foi alcançada. Parece que é uma experiência que vale a pena repetir. Parabéns Bela, que o teu exemplo sirva de incentivo a outros elementos do sexo feminino, pois o Porto d'Ave precisa de toda gente.

Apesar de estarem duas equipas com a garantia que na próxima época voltariam a militar nesta divisão, a disputa pelo triunfo fez-se sentir de parte a parte. O Porto d’Ave jogou com a mesma determinação a que nos habituou e venceu com toda a justiça e tal como na última época subiu dois lugares na última jornada do campeonato.


sábado, 22 de maio de 2010

Jantar Convívio Escolas


A equipa mais jovem do Porto d'Ave realizou uma festa convívio onde estiveram presentes todos elementos deste escalão assim como os seus familiares.


A boa disposição reinou durante toda a noite onde não faltaram os discursos.













No momento em que escrevo este artigo ainda não é possível apurar o numero de garrafas que foram abertas, mas a equipa deste blogue sabe que no final nenhum jogador conduziu a viatura no regresso a casa, sendo essa responsável tarefa atribuída aos pais.



"O futuro pertence áqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos"
Eleanor Roosevelt

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Marinho Silva - Treinador Iniciados


De Marinho Silva recebemos o seguinte testemunho que pelo teor das declarações justifica que surja como post neste blogue:
Recordo que este escalão escreveu mais uma Página Dourada na História do Grupo Desportivo de Porto d'Ave alcançando a Subida de Divisão.

"Como estamos em vésperas de terminar oficialmente a época não poderia deixar de colocar um comentário, propositadamente tardio. No final se fazem os balanços, apenas no final, ainda para mais quando estamos empenhados no nosso trabalho de serviço a este clube. Não passei poucas vezes por cá, mas achei que não seria a altura de deixar qualquer comentário. Agora sim. A minha visão da época terá, obrigatoriamente, dois aspectos a salientar: por uma lado a avaliação da época do grupo onde estive a trabalhar directamente, os iniciados, e a avaliação do trabalho global do clube ao qual, com muita honra, hoje pertenço. Devo começar por referir que a minha entrada no clube se deu quase de uma forma acidental, imprevisível. No entanto, recebi com muito agrado o convite do presidente e devo confessar-me surpreendido por tudo aquilo que encontrei. Por dentro, as realidades tornam-se muito mais claras e verdadeiras no seu sentido. De fora tendemos a fazer avaliações contaminadas de preconceitos e pressupostos errados. A primeira conclusão a que chego é que, de facto, o GDPA é um clube diferente, mas que marca a sua diferença pelo genuíno, pelo amor ao clube, pelo orgulho que as pessoas sentem em chamar-se Porto D'ave. Para quem trabalha no clube é evidente esta faceta pois ela sente-se, respira-se, envolve-nos no dia-a-dia de trabalho. É o nosso alimento nas horas menos boas, na hora do insucesso.
Os iniciados...bem...os iniciados fizeram o seu caminho. Aprendemos juntos, rimos juntos, choramos juntos...sempre juntos, e esse tem de ser o caminho da formação...a aprendizagem conjunta. Conseguimos sentir-nos mais fortes e mais crescidos do que quando começamos a caminhada e isso, para mim, enquanto educador/formador/treinador, é sinal de sucesso. No entanto, esse sucesso principal pode não ter sempre paralelo nas classificações finais...no nosso caso, apesar de ambicionarmos sempre mais, penso que esse paralelo foi conseguido. O facto de o clube conseguir colocar as suas camadas de formação em divisões superiores e , consequentemente, mais competitivas, reflectir-se-á na qualidade do desenvolvimento dos seus atletas. o GDPA tem-no conseguido gradualmente. Faltam os Juvenis...acredito nos próximos dois anos.
Mas a minha maior motivação ao escrever este comentário era, sinceramente, cumprimentar o autor do blogue. Se tudo aquilo que referi em relação ao clube é verdadeiro, isso deve comprovar-se pelo seu exemplo de dedicação e amor ao clube. De uma forma apaixonada, personifica a mística do GDPA. Há muito tempo que oiço falar em mística no futebol...hoje pareço ter encontrado o seu verdadeiro significado...;) Também tu estás de parabéns por mais uma época que termina e na qual, mais uma vez, demonstraste toda a tua paixão pelo clube...e como eu a admiro, mesmo...Parabéns e um abraço!
Estendo esse abraço a todos os atletas, colaboradores, dirigentes e adeptos do GDPA. Não tenho dúvidas que este ano o GDPA, em todos os campos, nas mais diferentes modalidades e escalões, revelou e deu a conhecer esta mística.


Até ao ano...ou até um dia destes!"

21 de Maio de 2010 15:37


"Só se pode alcançar um grande êxito quando nos mantemos fieis a nós mesmos"

Friedrich Nietzsche

ÚLTIMA JORNADA





No próximo Domingo haverá muito mais que um jogo de Futebol no nosso Parque de Jogos.

Não faltes ao encerramento da época onde estarão presentes todos atletas, treinadores e colaboradores de todas as equipas do Porto d'Ave.

No mesmo recinto estarão jogadores com diferença de mais de metro e meio de altura e mais de trinta anos de idade, mas com uma coisa em comum:
O ORGULHO DE VESTIR A CAMISOLA DO PORTO D'AVE.

Vamos todos comparecer nesta grande festa de Futebol.


terça-feira, 18 de maio de 2010

Vamos Apoiar o Porto d'Ave


Seniores
Última Jornada do Campeonato
G. D. Porto d'Ave - 2 *** 1 - G. D. Prado
Domingo, 23 de Maio pelas 16,00 horas


*******

Futsal Feminino
(Torneio de Vila da Aves)
G. D. Porto d'Ave - 6 *** 1 - Rebordões
Sexta, 21 de Maio pelas 21.00 horas




sábado, 15 de maio de 2010

Manutenção Assegurada


G. D. Louro - 1
G. D. Porto d'Ave - 2


Na penúltima jornada do campeonato o Porto d’Ave vence com toda a justiça no difícil terreno do Louro e ultrapassa este adversário na tabela, e desta forma nenhuma aritmética conseguirá tirar o nome do nosso clube da Divisão de Honra na próxima época.

Foi na baliza da casa que surgiu pela primeira vez um lance com perigo, com Jaqques ao quinto minuto a ganhar de peito e rematar por cima da barra. A equipa do Louro reage e na resposta ganha uma grande penalidade que transforma no primeiro golo da partida. Os jogadores do Porto d’Ave sabiam que a vitória era possível e não baixaram os braços perante a desvantagem madrugadora. Aos nove minutos, Victor de cabeça envia a bola ao lado. Aos doze, Jaqques de longe remata para a primeira de muitas defesas do guardião do Louro. Minuto dezasseis, Neves também de longe ao lado. À passagem da meia hora, Vitinha faz um excelente trabalho pelo lado direito e cruza rasteiro com dois jogadores em boa posição para rematar, mas perante alguma cerimónia e a bola acaba nas mãos do guardião.

A cinco minutos do intervalo o Porto d’Ave dá a volta ao jogo. O golo do empate foi apontado por Victor que fez de Messi pelo lado esquerdo e depois de deixar para trás dois jogadores do Louro ainda longe da baliza remata com força e colocação uma bola que só parou no fundo das redes. Ainda não tinham terminado os festejos do primeiro, Vitinha depois de fazer gato-sapato dum adversário remata forte à barra e Neves muito oportuno aproveita o ricochete e faz o golo que valeu três pontos e a manutenção. Vantagem justa para o Porto d’Ave antes do chá.

No inicio da segunda parte, pela atitude dos nossos jogadores parecia que a vantagem pertencia ao adversário. No segundo minuto o guardião do Louro faz uma grande defesa negando o golo a Vitinha que remata com muito perigo após uma jogada iniciada por Neves. De seguida o perigo surgiu pelo lado esquerdo com Vitinha a obrigar a defesa a enviar a bola pela linha de cabeceira. Na conversão do canto a equipa da casa volta a sentir dificuldades para sacudir a bola da zona de perigo. Ao quinto minuto, Neves tira dois adversários do caminho dentro da área mas no momento do remate o guardião ganha o duelo. Aos dez minutos Vitinha após mais uma assistência de Neves remata por cima da barra. Com um quarto de hora jogado na segunda parte, também o guardião Clemente foi obrigado a uma grande intervenção na única oportunidade que o Louro criou para igualar o placar. Ao minuto vinte, Neves volta a fazer das suas e coloca a bola em Meira que remata forte e vê a bola novamente a passar por cima da baliza. Minuto trinta, Manaus acabado de entrar para o lugar de Freitas, recebe a bola junto aos adeptos do Porto d'Ave que já se preparavam para festejar o terceiro mas o guardião do Louro faz mais uma defesa como quem ainda está à espera duma chamada de Carlos Queirós.

Minuto trinta e dois, Paulinho marca um livre perto da linha de cabeceira e obriga o guardião a mais uma grande defesa enviando a bola ao poste, ficando muitas dúvidas neste lance se a bola não chegou a ultrapassar a linha de golo. Na sequência desta jogada a bola sobra para Ricardo que remata ao lado. Ao minuto quarenta acontece mais um duelo entre os dois melhores jogadores em campo, com o guardião da casa a negar novamente o golo a Neves com mais uma grande defesa. Passados dois minutos, o nosso numero seis abandona o campo debaixo dum grande aplauso e dá o lugar a Bruno. Até ao apito final os nossos jogadores continuaram a procurar o terceiro com o Louro rendido ao futebol praticado pelos nossos jogadores que dominaram a partida durante noventa minutos. A derrota pela margem mínima acaba por ser um prémio para a equipa da casa face ao que se passou dentro das quatro linhas.

Com esta importante vitória os nossos jogadores garantiram a continuidade do Porto d’Ave na mais alta divisão de futebol distrital bracarense quando falta apenas uma jornada para terminar o campeonato. O nosso clube é um dos privilegiados com a despedida da época na sua própria casa. No próximo Domingo pelas dezasseis horas é dever de todos Portodavenses marcar presença no nosso Parque de Jogos para apoiar a equipa e ao mesmo tempo demonstrar a nossa gratidão pela forma como elevaram o Emblema do Porto d’Ave.


quarta-feira, 12 de maio de 2010

Vamos Apoiar o Porto d'Ave

Seniores
A. D. Louro - 1 *** 2- G. D. Porto d'Ave
Sábado, 15 de Maio pelas 16,00 horas

Futsal Feminino
(Torneio de Vila da Aves)
G. D. Porto d'Ave - 5 *** 2 - Alfenense
Domingo, 16 de Maio pelas 17.00 horas


Infantis
G. D. Porto d'Ave - 2 *** 4 - Brito S. C.

Escolas
G. D. Porto d'Ave - 2 *** 1 - C.C.T. Nogueirense



"bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, saber perder com classe e vencer com ousadia, pois o triunfo pertence a quem se atreve..."
Charles Chaplin

sábado, 8 de maio de 2010

14º Empate no Campeonato


G. D. Porto d'Ave - 0

Vilaverdense F. C. - 0


O Porto d’Ave defrontou o Vilaverdense pela terceira vez na presente época. O primeiro encontro entre ambas as equipas terminou empatado a zero bolas mas está bem gravado na nossa memória o escandaloso penalty sobre Vitinha que ficou por assinalar ao minuto noventa. De seguida, um sorteio pouco claro ditou a nossa deslocação novamente ao recinto deste adversário para disputar a passagem às meias final da Taça da Associação de Futebol de Braga. Também aqui não assistimos a qualquer golo e a eliminatória foi decidida através da lotaria das grandes penalidades com a sorte a sorrir injustamente à equipa da casa. A partida de hoje realizou-se no nosso Parque de Jogos "ainda" sem o sintético e os nossos jogadores pelas ilações tiradas em ambos os desafios já disputados contra este adversário sabiam que a vitória estava ao seu alcance, mas só após o intervalo é que a procuraram verdadeiramente.

Numa tarde de Maio que teimava em ser Mao o jogo na primeira parte estava como o tempo. Nos minutos iniciais surge a primeira contrariedade, com o médio Xavier a ter que abandonar a partida após um embate de cabeça com um adversário e Bruno foi o escolhido para ocupar o lugar.

O primeiro lance de perigo no jogo só aconteceu ao minuto vinte após um livre apontado por Paulinho pelo lado direito. Passados quatro minutos Vitinha na marcação dum canto coloca a bola novamente no pé esquerdo do nosso lateral que tenta o golo com um forte remate. À passagem da meia hora assistimos à maior oportunidade desperdiçada na primeira parte, com Zé Beto na pequena área a cabecear permitindo a defesa do guardião do Vilaverdense.

No regresso dos balneários os nossos jogadores entraram no rectângulo de jogo decididos a dar outro rumo à partida e foram incansáveis na procura dos três pontos. O perigo começou a rondar a baliza do Vilaverdense bem cedo com Jaqques e Meira a não se entender dentro da área deixando sair a bola pela linha de cabeceira. De seguida o guardião forasteiro desvia para canto uma bola com sentido de golo que saiu do pé de Vitinha na marcação dum livre. Ao décimo minuto também Paulinho esteve perto de abrir o placar mas vê a bola a passar ao lado. Minuto doze, Neves de cabeça envia a bola por cima e de seguida o mesmo jogador faz tremer a baliza pela primeira vez enviando a bola ao poste. Minuto vinte, Vitinha corre com a bola e remata para mais uma defesa do guardião. Minuto vinte e cinco, Bruno marca um canto e vê a bola atravessar a pequena área e sai pela linha de cabeceira sem ninguém lhe tocar. Com meia hora decorrida a baliza treme novamente, desta vez com Daniel a enviar a bola à trave após mais um canto apontado por Bruno. Com a placa dos descontos levantada assistimos a mais um remate com perigo que saiu do pé direito de Bruno.

O Porto d’Ave criou várias oportunidades para marcar e relativamente ao Vilaverdense não há nenhuma a registar mas tal como nas outras partidas que realizamos esta época com este adversário o placar manteve-se injustamente a zero até ao apito final.

A equipa de arbitragem teve uma prestação positiva.


Este jogo fica também marcado pela chamada de dois Juniores, Nelson e Caló, alinhando ambos na segunda parte com uma prestação muito positiva. Este foi um prémio justo para estes jogadores que tal como outros do seu escalão tem dado provas que podem dar o seu contributo à equipa principal. Parabéns miúdos.

Na próxima jornada deslocamos-nos ao concelho de Famalicão para defrontar o Louro, uma equipa que se encontra com mais um ponto que o Porto d’Ave. Este adversário tem vindo a fazer o campeonato colado a nós e na primeira volta quando os defrontamos no nosso recinto a diferença pontual era a mesma dessa vez com o Porto d’Ave em vantagem. Esse encontro ficou marcado por uma grande exibição do seu guardião, mas não foi o único responsável pelo ponto conquistado nessa partida. Também aqui ficou por assinalar uma grande penalidade sobre Zé Beto na primeira parte e outra ao cair do pano sobre Vitinha.

A conquista de três pontos neste recinto será importante para colocar o nome do Porto d’Ave na primeira metade da tabela classificativa, embora nesta altura podessemos estar a falar de outros objectivos se não fossem os obstáculos extra futebol que a nossa equipa tem enfrentado e que vagamente temos dado conta neste espaço.

Vamos todos acompanhar a nossa equipa na última deslocação ao recinto de um adversário no presente campeonato e todos juntos tornaremos mais fácil a tarefa dos nossos jogadores.